Ladrões se disfarçam de entregadores de aplicativo para cometer crimes em SP Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, vai convidar representantes de aplicativos de entrega para reunião com o objetivo de reduzir o número de crimes cometidos por bandidos que usam mochilas das plataformas.

Na noite da última segunda-feira, um rapaz de 20 anos foi morto por um criminosos disfarçado de entregador na capital. Rodrigo Garcia também promete novas operações policiais que, além de combaterem outros crimes, terão como foco os bandidos que se disfarçam de entregadores de aplicativos.

O anúncio acompanha a troca dos comandos das Polícias Civil e Militar, justificada pelo governador para “renovar” os investimentos em segurança pública.

O número de roubos e furtos disparou na cidade de São Paulo em 2022, de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública. Apenas em março houve um aumento de 25 por cento no registro de roubos em relação ao mesmo mês do ano passado.

Imagens de câmeras de segurança obtidas pela TV Globo mostram o momento em que o ladrão dispara contra Renan Silva Loureiro, que reagiu ao roubo.

O vídeo mostra o momento em que o assaltante desce da moto e anuncia o assalto, apontando uma arma em direção ao rapaz que estava com a namorada.

Após levar os celulares das vítimas, as imagens registram o momento em que Renan reage e corre em direção ao criminoso.

O assaltante dá quatro tiros e um deles acerta a cabeça de Renan. O rapaz foi enterrado ontem. Na última sexta-feira, em Pinheiros, foram registrados dois roubos cometidos por criminosos disfarçados de entregadores de aplicativo.