O parlamento ucraniano aprovou nesta quarta-feira, 23, estado de emergência nacional em meio aos temores de uma invasão pela Rússia. O decreto havia sido feito pelo presidente da Ucrânia Volodymyr Zelensky e recebeu apoio dos legisladores.

A medida tem início na quinta-feira, 24, e vigência de 30 dias.

O estado de emergência permite que as autoridades imponham restrições à circulação, bloqueiem comícios e proíbam partidos e organizações políticas “no interesse da segurança nacional e da ordem pública”.

 

Agência Estado