O deputado Arthur Lira discursa durante sessão para eleição dos membros da mesa diretora da Câmara dos Deputados. Marcelo Camargo. Agência Brasil

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, recorreu ao Supremo Tribunal Federal ontem para que o Poder Legislativo tenha a palavra final em casos de cassação de parlamentares em julgamentos da Corte.

A medida foi tomada no mesmo momento em que o tribunal condenava o deputado Daniel Silveira, do PTB, por ataques à democracia. Lira não citou o caso de Silveira, mas protocolou o recurso em uma ação de 2018 que trata do tema enquanto o julgamento do deputado do PTB se desenrolava.

Procurado pelo portal de notícias UOL, Lira não se manifestou. A perda de mandato de parlamentar por ordem do STF é controversa e virou um embate entre congressistas e ministros da Corte nos últimos anos.