Entre os pontos anunciados, estão: uma dose para pessoas de 18 a 60 anos, duas doses para pessoas com mais de 60 anos e imunossuprimidos, vacinação por faixa etária decrescente e não por grupo de risco. (foto: Twitter)

O Ministério da Saúde divulgou nesta sexta-feira o planejamento da vacinação contra a Covid-19 para 2022. O investimento prometido é de R$ 11 bilhões de reais. Alguns pontos já estão previstos para o próximo ano:

Uma dose para pessoas de 18 a 60 anos; duas doses para pessoas com mais de 60 anos e imunossuprimidos; vacinação por faixa etária decrescente, e não por grupo de risco; vacinação seis meses após a imunização completa em 2021 ou dose de reforço; duas doses para novos públicos, se houver ampliação (crianças e adolescentes); vacinação heteróloga, onde cada vacinado recebe imunizante diferente do aplicado no ano anterior. Segundo a pasta, ao todo, devem ser necessárias 340 milhões de doses.

Outra promessa é a utilização apenas de vacinas com registro definitivo pela Anvisa, o que exclui atualmente a CoronaVac.