A Prefeitura de São Paulo promete colocar, 24 horas por dia, agentes da Guarda Civil Metropolitana para monitorar a região da Praça Princesa Isabel, na região central da cidade, para onde se mudou a chamada Nova Cracolândia. Serão no total 100 guardas. O objetivo é evitar a aglomeração de dependentes químicos e a instalação de barracas que, segundo a polícia, servem para o tráfico de drogas. O local se tornou a nova Cracolândia desde março deste ano. A Prefeitura também promete cercar a praça, de forma a ter controle maior no local.

Lembrando que, nesta quarta-feira, 11, ocorreu na região uma operação que envolveu 650 policiais civis e militares para cumprir 36 mandados de prisão. Foram feitas 20 prisões. Usuários e traficantes de drogas foram retirados do local e se espalharam por outros pontos do centro. Após a operação, as equipes de zeladoria da Prefeitura realizaram grande limpeza na praça. Segundo a Prefeitura, de janeiro para abril, aumentaram em 27% os acolhimentos de dependentes químicos em todo o território da Cracolândia.

 

jornal O Estado de S.Paulo