Estar em forma reduz chances de Alzheimer, revela pesquisa Foto: Universidade de Cambridge

Um estudo da Academia Americana de Neurologia mostra que as pessoas em forma tem 33 por cento menos chance de desenvolver o Alzheimer.

Os detalhes serão apresentados na reunião anual da entidade, no mês que vem. Os pesquisadores  testaram e acompanharam 650 mil pessoas com idade média de 61 anos por quase uma década.

Com base na aptidão cardiorrespiratória deles, os participantes foram divididos em cinco categorias – do menor ao maior nível de condicionamento físico.

Os cientistas descobriram que, à medida que o condicionamento físico melhora, as chances da pessoa desenvolver a doença diminui.

O Alzheimer é o tipo mais comum de demência. É um distúrbio cerebral progressivo que, com o tempo, destrói a memória e as habilidades de pensamento, e interfere na capacidade de realizar tarefas diárias.

 

Cerca de 6 milhões de americanos com 65 anos ou mais têm Alzheimer. Não há maneiras comprovadas de curar a doença.