Todos sabem sobre a importância da atividade física para garantir uma melhora significativa na qualidade de vida. Entretanto, alguns prometem começar a se exercitar, mas abandonam a ideia no instante seguinte. Assim como manter uma alimentação equilibrada, abandonar o sedentarismo é importante para a saúde. Para se acostumar com o novo hábito, não é necessário escalar uma montanha log no primeiro dia. Portanto, comece devagar.

Incluir a prática da atividade física na rotina faz toda a diferença para a manutenção desse costume. Se a academia é o grande problema, então caminhe pela manhã por aproximadamente 30 minutos. Em um primeiro momento, é importante colocar o corpo para trabalhar, sem a cobrança de percorrer longas distancias rapidamente.

(Foto: Banco de imagens)

Orientação

A avaliação do sedentarismo pode variar de pessoa para pessoa. Como regra geral, quem passa mais de três meses sem praticar exercícios, ainda que de modo leve, já é considerado sedentário.

Aliás, até mesmo atletas podem fazer parte desse grupo. Dentro do nível de treinamento a que estão acostumados, caso o profissional permaneça um determinado tempo parado e apresente uma diminuição na performance, quando retornar à atividade apresentará reações semelhantes, como dores musculares e fadiga respiratória, por exemplo.

Deixar de ser sedentário é uma questão de vontade. Mesmo pessoas muito acima do peso e idosas precisam se exercitar. Para isso, basta uma caminhada de 30 minutos por dia, duas vezes por semana.

Esses 30 minutos são suficientes para evitar problemas de saúde como colesterol ruim alto, doenças cardiovasculares, má postura e até varizes. É importante consultar um médico para uma avaliação e. assim, dar início ao novo hábito.

Agência Estado