A quantidade de vacinados no Brasil com duas doses ou dose única de imunizantes contra covid-19 chegou neste domingo, 12, a 139.339.569, o equivalente a 65,32% da população. Enquanto isso, aqueles que receberam ao menos uma dose da vacina são 159.839.190, ou 74,93% do total. O número de pessoas com esquema vacinal parcial é inferior ao da véspera por possíveis problemas na alimentação de dados na Bahia e no Distrito Federal.

Desde sexta-feira, 10, os indicadores de alguns Estados estão sofrendo o impacto do ataque hacker à base de dados do Ministério da Saúde. Neste domingo, o ministério informou que o processo de recuperação dos registros dos brasileiros vacinados contra a covid-19 no País, contidos na plataforma Conecte SUS, foi concluído.

 (foto: Divulgação)

Não houve, contudo, divulgação da data prevista para o restabelecimento, tampouco a especificação dos sistemas que seguem violados.

Nas últimas 24 horas, os registros da aplicação de vacinas contra covid-19 País ficaram negativados: -261.168. Foram contabilizadas -379.095 primeiras doses, 27.997 segundas doses, 884 doses únicas e 89.046 doses de reforço.

Ao todo, 20.469.025 pessoas já receberam a terceira dose, apontam dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa junto a 26 secretarias estaduais e Distrito Federal.

Em termos proporcionais, São Paulo é o Estado que mais vacinou tanto com primeira dose, com 81,79% dos habitantes parcialmente imunizados, quanto com segundas aplicações ou doses únicas, com 77,12% das pessoas com esquema vacinal completo.

Mortes – O Brasil notificou neste domingo, 12, 82 novas mortes por covid-19. A média móvel de óbitos, que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, agora é de 181, ante 179 na véspera. O índice permanece abaixo de 200 há nove dias. Com os novos registros, o total de vítimas chegou a 616.941.

Nas últimas 24 horas, foram contabilizados 1.686 casos de covid-19, elevando para 22.187.349 o total de diagnósticos da doença. A média móvel de testes positivos é de 6.679. Os indicadores de alguns Estados seguem sofrendo impacto do ataque hacker à base de dados do Ministério da Saúde. Neste domingo, o ministério informou que o processo de recuperação dos registros dos brasileiros vacinados contra a covid-19 no País, contidos na plataforma Conecte SUS, foi concluído.

Não houve, no entanto, a divulgação da data prevista para o restabelecimento, tampouco a especificação dos sistemas que seguem violados. Os dados diários da pandemia no Brasil são do consórcio de veículos de imprensa formado por Estadãog1O GloboExtraFolha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde, em balanço divulgado às 20h. O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde 8 de junho do ano passado, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal.

A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

 

jornal O Estado de S.Paulo