Para reagir contra futuras pandemias, o Instituto Butantan construiu um novo centro de produção de vacinas. Oficialmente, a iniciativa recebe o nome de Centro de Produção Multipropósito de Vacinas do Butantan. Os equipamentos estão em fase de instalação e o projeto deve ser concluído em fevereiro de 2023. O governador João Doria esteve nesta sexta-feira, 25, no Instituto, para participar do evento de apresentação da fábrica.

 

(foto: Divulgação)

Inicialmente, pretende-se fabricar vacinas contra a Raiva, Hepatite A, Zika e Covid-19. Caso novas demandas surjam, as instalações podem ser adaptadas para a produção de imunizantes contra outras doenças emergentes.

Essa iniciativa pode tornar o Brasil autossuficiente no estudo e na produção de novas vacinas.

 

 

Da Redação