(foto: Divulgação)

Após testagem realizada pelo laboratório Albert Einstein com uso do sequenciamento genético, o Instituto Adolfo Lutz confirmou que dois brasileiros estão com a variante Ômicron, do coronavírus. Os dois casos são de um casal que, no último dia 23, vindo da África do Sul, desembarcou no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária repassou as informações ao Ministério da Saúde e às secretarias estaduais de Saúde e à pasta municipal de São Paulo.

Com sintomas leves na ocasião, os dois passageiros tiveram resultado positivo em exames de PCR coletados no laboratório do Einstein instalado no Aeroporto Internacional de Guarulhos em 25 de novembro. Os dois apresentavam sintomas leves na ocasião.

Diante do diagnóstico positivo, o casal foi orientado a permanecer em isolamento domiciliar. Ainda segundo a secretaria estadual, ambos estão sob monitoramento das Vigilâncias estadual e municipal de São Paulo, juntamente com seus familiares.