Vai ser analisada nesta segunda-feira, 8, e deve gerar um racha no Supremo Tribunal Federal a liminar concedida na última sexta-feira pela ministra Rosa Weber, A magistrada suspendeu temporariamente os repasses de 1,2 bilhão de reais feitos pelo governo Jair Bolsonaro a parlamentares da base aliada por meio do orçamento secreto. De acordo com o Estadão, interlocutores dos ministros afirmaram que a decisão de Weber tende a ser mantida, porém, com um resultado apertado, disputado voto a voto, diante das pressões exercidas por parlamentares que se beneficiam da distribuição sigilosa de emendas do relator-geral do orçamento.

Auxílio Brasil – O Auxílio Brasil, benefício social que vai substituir e promete ampliar o Bolsa Família, está previsto para começar a ser pago no próximo dia 17 de novembro, mas ainda há muita indefinição sobre como será o funcionamento do novo programa de transferência de renda. O governo garante que não haverá apagão na transição, com risco de deixar famílias vulneráveis sem os recursos. No entanto, centros de referência de assistência social  já têm registrado filas de pessoas em busca de cadastro.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou que vai aumentar o valor médio pago mensalmente, hoje em R$189,00  para  R$400,00, mas este é só um dos pontos que ainda não foram detalhados. Ainda não há uma definição sobre de onde virão os recursos para o pagamento do Auxílio Brasil em 2022.