Foram poucos segundos, mas, depois de uma semana de embates entre ambos, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro do STF Alexandre de Moraes, se cumprimentaram em um quase abraço. O gesto burocrático de cordialidade ocorreu, nesta quinta-feira, 19, durante a cerimônia de posse de 4 ministros do Tribunal Superior do Trabalho.

É a primeira vez que Bolsonaro e Moraes se encontram depois que o chefe do Executivo entrou com processos no STF e na Procuradoria Geral da República para que o magistrado fosse investigado por suposto abuso de autoridade. Moraes manteve o inquérito das fake news aberto na Corte contra Bolsonaro mesmo após a Polícia Federal afirmar que não há provas contra o presidente.

Nesta quinta-feira, antes de ficar frente a frente com Bolsonaro, Moraes afirmou que a Justiça Eleitoral tem “vontade de democracia e coragem” para combater quem é contrário aos ideais constitucionais e republicanos.

 

Da Redação