O tipo de munição encontrada com o pescador suspeito de ligação com o desaparecimento do indigenista Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips, no Vale do Javari (AM), sugere uma ligação com o crime organizado estrangeiro.

Segundo fontes com acesso às investigações, a munição que justificou a prisão em flagrante do homem identificado como o suspeito, identificado como Amarildo da Costa de Oliveira, de 41 anos, o “Pelado” era de calibre 762, usada em fuzis, e tinha origem peruana.

Embora ele seja o principal suspeito até agora, a prisão não tem ligação direta com o caso do desaparecimento. O pescador foi preso em flagrante por uma equipe da Polícia Militar do Amazonas.

Da Redação