A Confederação Sul-Americana de Futebol, a Conmebol, anunciou que vai aplicar uma multa de 30 mil dólares ao River Plate, por causa de atos racistas protagonizados por um torcedor da equipe argentina na partida contra o Fortaleza pela Copa Libertadores.

 

 

No dia 13 de abril, no estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires, um torcedor do River foi flagrado jogando uma banana na torcida do Fortaleza durante o jogo entre os times. A equipe argentina identificou o homem como sócio do clube. O acusado foi suspenso.

 

A Conmebol emitiu nota condenando os casos de racismo registrados na atual edição da Copa Libertadores – foram sete até aqui. O texto informa que mudanças serão realizadas nos regulamentos para endurecer as punições aos infratores.

 

Da Redação