Com 50,5% dos votos, o economista e ex-combatente da guerrilha Gustavo Petro venceu o segundo turno das eleições na Colômbia e se tornou o primeiro presidente de esquerda a ser escolhido pelo povo.

Seu adversário, o empresário Rodolfo Hernández, teve 47%, dos votos.  Em seu discurso, Petro repetiu que seu governo será feito “com a política do amor” e deu sinais de quer fazer um acordo com os grupos guerrilheiros que ainda não depuseram suas armas.

Aproximação – Gustavo preto também afirmou: “Proponho ao governo dos EUA e a todos os governos de América a nos sentarmos e acelerar os passos de transição energética, da construção de uma economia da vida em toda a América…Proponho à América Latina nos integrar, proponho aos colombianos se olharem como latino-americanos que somos. Temos o sangue latino e o sangue afro, indígena”

Primeira vice negra da história

Foto (Redes Sociais)

Francia Márquez, que compõe a chapa com Petro, será a primeira vice-presidente negra do país. A nova vice-presidente nasceu em uma família pobre no departamento de Cauca, foi mãe solteira aos 16 anos e já trabalhou como doméstica e se tornou ativista ambiental. Em seu discurso, Francia Márquez agradecendo aos que a elegeram e citou líderes sociais, jovens e mulheres mortos no país.

 

jornal O Estado de S.Paulo