O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, foi neste sábado até a Ucrânia para um encontro com o presidente Volodimir Zelensky, em Kiev.

Detalhes sobre a reunião ainda não foram divulgados. Porém, ela ocorre um dia após a estação de trem de Kramatorsk, em Donetsk, ter sido alvo de ataque.

Ao menos 50 pessoas, cinco delas crianças, morreram e 100 ficaram feridas. O governo ucraniano acusa a Rússia de ter realizado deliberadamente o ataque, o que Moscou nega. A estação de trem foi alvo de dois mísseis.

Há três dias, o governo ucraniano pede que moradores das cidades do leste do país deixem às pressas a região, onde Moscou prepara fortes ataques.