Alison dos Santos não para de conquistar resultados expressivos na carreira. Medalhista de bronze nos Jogos de Tóquio, o brasileiro de apenas 21 anos abriu a temporada da Diamond League subindo no topo do pódio em Doha, no Catar, com o melhor tempo do ano nos 400 metros com barreiras e o recorde do meeting.

O atleta brasileiro completou a prova com 47s24, marca ainda não obtida no ano e a sua segunda melhor da vida, atrás apenas dos 46s72 da conquista do bronze olímpico. Entre todos os competidores, o tempo figura como o 31° da história.

Alison dos Santos, 400 m com barreiras, atletismo, tóquio 2020, olimpíada
(Reprodução: Agência Brasil)

Desta vez Alison dos Santos levou a melhor sobre o americano Rai Benjamin, prata em Tóquio e novamente em segundo lugar, desta vez atrás do brasileiro, com 47s49. O irlandês Thomas Barr ficou com o bronze, marcando 49s67.

O brasileiro assumiu a liderança do ranking mundial em 2022 ao ganhar sua segunda prova na temporada. Já havia levado o ouro em Ohio, nos Estados Unidos, com 48s41. Vale lembrar que o recordista mundial da prova, o norueguês Karsten Warholm (45s94), não foi para Doha.

Piu, como o paulista de 21 anos é carinhosamente chamado, volta a competir na segunda etapa da Diamond League, ainda em maio. A prova será no dia 28, em Eugene, no Oregon, nos Estados Unidos. Além de já buscar melhores marcas para Paris-2024, o brasileiro quer chegar forte no Mundial, que ocorre entre 15 e 24 de junho, também em Oregon.