(foto: Agência Brasil)

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, afirmou nesta terça-feira, 9, em uma audiência pública no Senado, que o preço do petróleo deve subir mais com a chegada do inverno no Hemisfério Norte e, consequentemente, o aumento do consumo. Aos senadores, o chefe da pasta destacou que, embora a produção de petróleo no Brasil tenha aumentado em 2021, no restante do mundo, ela diminuiu, o que gerou uma crise de oferta e demanda. Albuquerque defendeu a atual política de preços e negou interferência do governo federal neste setor da Petrobras. Ele lembrou que, sendo uma empresa pública de economia mista, a estatal não pode sofrer interferência do governo na fixação dos preços dos combustíveis.