Um estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação aponta que, até domingo que vem, 29, todo o dinheiro ganho pelo cidadão brasileiro com o trabalhado terá sido apenas para pagar impostos, taxas e contribuições municipais, estaduais e federais.

Na lista estão: PIS, Cofins, ICMS, ISS; INSS, Imposto de Renda, IPVA e IPTU. São 149 dias para quitar toda essa fatura. A classe média é a que, proporcionalmente, mais vai trabalhar para pagar os tributos: são 157 dias, até 6 de junho.

 

Da Redação