A conta de luz vai mudar para a bandeira verde a partir do dia 16. Um dia antes, dia 15, vai acabar a taxa extra de R$14,20 a cada 100 quilowatt-hora.

Com o aumento do volume de água nos reservatórios, algumas termelétricas vão ser desligadas. Sem essa tarifa extra, a previsão do governo é de uma redução média de 20% no valor das contas de luz.

 

(foto: Banco de Imagens)

Atualmente, a bandeira tarifária em vigor é a crise hídrica. Ela foi criada em setembro de 2021 para compensar o aumento do custo de geração em meio à grave crise hídrica que o país enfrentava na época, o que abrigou o acionamento das termelétricas, cuja operação é mais cara.

 

Da Redação