A ANAC cancelou definitivamente hoje o certificado que autorizava as operações da Itapemirim Transportes Aéreos.A ITA parou de voar em dezembro, prejudicando milhares de passageiros às vésperas do Natal e Ano Novo.

Segundo o site Diário dos Transportes, para voltar a voar, a empresa, que vive um crise financeira, terá que começar do zero todo o processo para obter as licenças.

A ITA recebeu nesta quarta-feira, 04 de maio de 2022, uma multa de pouco mais de R$ 3 milhões (R$ 3.005.657,60) da Senacon (Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor), órgão vinculado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública.