Os bombeiros localizaram, nesta sexta-feira, 3, a última pessoa desaparecida por causa das chuvas em Pernambuco. O trabalho contou com agentes de Pernambuco, Ceará, Paraíba, Goiás e Santa Catarina. Mércia do Nascimento, de 43 anos, teve a casa arrastada por 200 metros em meio a um deslizamento no bairro Areeiro, em Camaragibe.  Agora são 128 mortos por causa dos temporais que atingem o estado desde o último dia 25. Nesta sexta-feira, voltou a chover forte na Região Metropolitana de Recife. Trinta e quatro cidades pernambucanas seguem em estado de emergência.

O governo do estado anunciou que vai pagar uma pensão vitalícia de um salário mínimo para as famílias dos 128 mortos, além de uma parcela única de 1.500 reais para os desabrigados e desalojados. Em Jaboatão dos Guararapes, a Prefeitura prometeu um auxílio de 1.500 reais, em parcela única, para as famílias acolhidas e cadastradas nos 21 abrigos. Em Recife, a Prefeitura prometeu acrescentar mil reais ao auxilio emergencial do governo estadual aos atingidos pelas chuvas na capital do estado.

 

Da Redação