Pelo menos 22 pessoas morreram e outras duas ficaram feridas na manhã desta terça-feira, 24, na Vila Cruzeiro, na Penha, na zona norte, durante operação conjunta do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar (PM), da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A Polícia Militar afirma que a maioria dos mortos eram suspeitos. Além deles, uma moradora também morreu, vítima de bala perdida. Gabrielle Ferreira da Cunha, de 41 anos, foi baleada e morta dentro de casa.

A PM diz que foi recebida a tiros quando iniciava uma “operação emergencial” com o objetivo de prender chefes de uma facção criminosa que estariam escondidos na comunidade.


Um dos feridos chegando ao Hospital. (Reprodução das Redes Sociais)

operação pm penhaCarros e motos que estavam sendo utilizados por criminosos, segundo a PMERJ. Foto: PMRJ

Da Redação com Agência Estado