Neste dia 8 de março, o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (COMDIM) de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, aproveitou a data para prestar uma homenagem às vítimas que morreram no mês passado por causa das chuvas. Até o momento, foram registrados 233 óbitos, sendo 138 mulheres e 95 homens.

Com balões, as representantes do conselho se reuniram na Praça da Liberdade e juntas lembraram a dor dos familiares e prestaram uma homenagem às mulheres, homens e crianças vitimadas. “Cada balão cor de rosa simboliza uma mulher que perdeu a vida na tragédia. Os balões brancos representam os homens e crianças. São petropolitanos que nos deixaram e merecem nossos mais sinceros sentimentos.

 

É um momento de reflexão sobre o papel de cada uma dessas mulheres na sociedade. Estamos em luto”, destaca Ângela Alcântara, presidente do COMDIM.


Houve, também, homenagem em forma de música e poesia. Cada integrante deixou uma fala de respeito e conforto para as famílias das vítimas e soltaram os balões ao som de Gonzaguinha.

Participaram do ato representantes do Centro de Referência e Atendimento às Mulheres (CRAM), da OAB-Mulher, Petrópolis da Paz, Grupo Florescer da Estrada da Saudade, do projeto Aprendendo a Brincar da Comunidade Oswaldo Cruz e do Grupo Especializado em Desastres Naturais (Geden), que atuou voluntariamente durante a tragédia.

 

 

 

Da Redação