Voltou a chover forte na tarde desta quinta-feira, 17, na cidade de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, onde pelo menos 117 pessoas morreram, cerca de 700 estão desabrigadas e outras 116 seguem desparecidas após a forte chuva da última terça, 15.

A Defesa Civil de Petrópolis acionou hoje 14 sirenes do primeiro distrito da cidade como alerta para a previsão de chuva forte. Alertas também foram enviados por SMS e propagados em meios de comunicação, informou a prefeitura da cidade da Região Serrana do Rio.

(foto: Divulgação)

Pancadas de chuva de intensidade moderada a forte estão previstas para amanhã e sábado também. Os alertas foram disparados para os  moradores das localidades da 24 de Maio, Ferroviários, Vila Felipe (Chácara Flora), Sargento Boening, São Sebastião (Adão Brand, Vital Brasil) e Siméria foram alertados, detalhou o poder municipal.

Um deslizamento foi registrado nesta quinta-feira e a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros precisaram determinar que as pessoas saíssem da Rua Nova (também conhecida como 24 de Maio).

Equipes estivaram no local à tarde orientando a população para que saísse da área de risco e siga para locais seguros. Os moradores foram levados para um ponto de apoio nas proximidades, onde receberão auxílio.

 

Jornal O Estado de S.Paulo