Além da capital paulista que registrou a temperatura mais baixa para o mês de maio em 32 anos, com os termômetros marcando 6,6°C na quarta-feira, 18, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), outras cidades das regiões sudeste e centro-oeste também vivenciam recordes de temperaturas baixas neste mês de maio. Com 4,4ºC entre as 6h e 7h da manhã desta quinta-feira, 19, na Estação Cercadinho, na região oeste de Belo Horizonte, a capital mineira registrou um novo recorde de frio. Conforme o Inmet, é a menor temperatura registrada em 43 anos e a segunda menor desde 1961, quando teve o início da série histórica. Antes, a menor temperatura já registrada foi de 3,1ºC no dia 1º de junho de 1979.

Com mínima de 1,4ºC nesta quinta-feira, o Distrito Federal registrou a temperatura mais fria da história. Até então, o dia mais frio havia sido registrado em 18 de julho de 1971, quando a mínima chegou a 1,6°C. Em Goiânia, entre quinta-feira e sexta-feira, 20, a mínima deve chegar a 5ºC, segunda menor temperatura registrada desde 1994, quando uma frente fria fez com que os termômetros marcassem 2,6ºC, segundo o Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás (CimehGO).

Cuidados

Com a chegada da intensa onda de frio que provocou queda brusca de temperatura em praticamente todo o Brasil, alguns cuidados são essenciais para evitar o desconforto provocado nesta época do ano. Além de manter o corpo aquecido com roupas quentes e cuidados com a pele e os cabelos, a prática de exercícios também é indicada. Quem possui alguma doença crônica, como a artrite, é essencial seguir um tratamento indicado para que as dores não incomodem.