Desde o início do mês, o sol está brilhando mais forte no Uruguai. Um dos destinos mais charmosos da América do Sul, o pequeno país que faz fronteira com o Brasil abriu as portas aos estrangeiros, coleciona novidades e promete trazer de volta uma grande temporada de verão. A reabertura de hotéis e cassinos, além de novos restaurantes e atrações (principalmente para o mercado de luxo), está no foco da retomada após quase dois anos de isolamento.

O que fazer nas duas principais cidades turísticas do Uruguai:

MONTEVIDÉU

(foto: Divulgação)

É pela capital que chega a maioria dos brasileiros que vêm de avião de São Paulo ou Porto Alegre. A visita pode começar por uma caminhada pela região histórica. Charmosas construções, como o Theatro Solis, além da Plaza Independencia, que homenageia o maior herói uruguaio com a estátua de Artigas, estão por lá. Nessa praça também se encontram edifícios históricos como o Prédio Presidencial.

Aproveite para almoçar no Mercado del Puerto e experimentar a parrilla uruguaia. E, se sobrar um tempinho, caminhe pela Feira Tristán Narvaja, um rico mercado de pulgas. No fim do dia, suba no prédio da Intendencia de Montevideo. No 22.º andar está um mirante panorâmico (é preciso fazer reserva), reaberto em 2017.

PUNTA DEL ESTE

(Foto: Divulgação)

A cidade mais badalada do Uruguai tem voos diretos durante o verão, a partir de São Paulo e Porto Alegre. Entre os lugares que simbolizam o estilo de vida de Punta estão os restaurantes Lo de Tere, La Borgongne e o Chá das 5 do Hotel LAuberge. Para curtir praia e a combinação de música e gastronomia, o Ovo Beach Club tem tendas com sofás e espreguiçadeiras. Também inclua uma caminhada pelo Paseo de las Americas, na Playa Brava, onde fica a escultura Los Dedos, e uma visita a Punta Ballena. É ali que fica uma das construções mais emblemáticas do Uruguai, a Casapueblo, que funciona como hotel e museu.

 

Agência Estado