Com o avanço da vacinação, a expectativa é alta para a retomada do turismo. O ânimo é especialmente forte no segmento de luxo, no qual os consumidores foram menos afetados pela crise econômica. É nesse cenário que a americana Embark Beyond, que conecta agências de turismo de luxo, desembarca no Brasil.

Criada em 2019 pelo americano Jack Ezon, a Embark nasceu para dar escala ao turismo de altíssimo padrão. Em vez de criar uma rede própria, montou um sistema no qual pequenas agências que atendem clientes endinheirados podem ter opções antes restritas aos grandes grupos. Em dois anos, alcançou vendas de US$ 175 milhões.

“Queremos fazer a XP do turismo”, diz o empresário Tomas Perez, dono da Teresa Perez Tours, uma das butiques do setor no País, e que se associou a Ezon para trazer a Embark Beyond ao Brasil. A meta é chegar a 50 associados em três anos e a um faturamento de R$ 100 milhões ao ano.

(foto: Divulgação)

Para os agentes de viagem, frisa Sylvia Silva, executiva responsável pela operação, a Embark promete facilitar o dia a dia dos negócios. “A ideia é oferecer tudo num lugar só, desde ferramentas de marketing até destinos exclusivos.”

O segmento de luxo deve ser um dos mais beneficiados pelo “turismo de revanche”, diz a consultora Marta Borges, da Strategia Turismo: “As pessoas deixaram de gastar e agora podem fazer viagens até mais caras, para compensar.”

 

Agência Estado