Para comemorar os 40 anos de carreira, Zélia Duncan lançou, em maio, o álbum Pelespírito, com canções inéditas. A intenção da cantora e compositora era trazer certo frescor enquanto os shows ainda estavam proibidos por questões de saúde pública. Agora, com o arrefecimento da pandemia, Zélia leva para os palcos o repertório do disco, que tem músicas como Eu Moro Lá, Onde É Que Isso Vai Dar?, além da faixa-título.

Foto: Zélia Duncan/Instagram/Reprodução

A artista também vai aproveitar para cantar músicas que marcaram sua trajetória nessas quatro décadas – são 15 álbuns lançados -, em especial, Sortimento, o que traz a faixa Alma, que completa 20 anos de lançamento.

“São Paulo é o lugar mais importante para minha carreira, por conta da resposta que sempre tive em relação à minha música. Esse primeiro show presencial aqui, depois de tanto tempo e aflição, é para mim uma redenção, um grande abraço, que andava entalado na garganta”, diz Zélia, nascida em Niterói, que mora na capital desde o ano passado.

Com direção de Flávia Pedras, o show, além de ser apresentado para a plateia, será transmitido ao vivo pelo canal por assinatura Arte 1.

SHOW ZÉLIA DUNCAN
ESTREIA: 5ª (18), 20h. Theatro São Pedro
ENDEREÇO: Rua Barra Funda, 161, Barra Funda.
INGRESSO: R$ 70. bit.ly/showzeliaduncan

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.