O governo federal antecipou a previsão no calendário e promete agora, para até o fim de 2022, a implantação de 216 escolas cívico-militares em todo o país. A meta do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares, quando ele foi lançado, em 2019, era de 200 unidades até 2023. Atualmente, de acordo com o Ministério da Educação, há 127 escolas adotando esse modelo em 26 estados. Elas atendem cerca de 83 mil famílias.

(foto: Agência Brasil)

O modelo cívico-militar é diferente do modelo das escolas militares mantidas pelas Forças Armadas. De acordo com o MEC, as secretarias estaduais de Educação continuam responsáveis pelos currículos escolares, que é o mesmo das escolas civis. Os militares, que podem ser integrantes da Polícia Militar ou das Forças Armadas, atuam como monitores na gestão educacional, estabelecendo normas de convivência e aplicando medidas disciplinares.