Segundo dados divulgados pelo governo nesta sexta-feira, 11, o desmatamento na floresta amazônica brasileira atingiu níveis recordes para o mês de fevereiro, sendo o maior número desde 2016.

 

(foto: Ibama)

 

Nos primeiros dois meses do ano, a destruição foi três vezes maior do que no mesmo período de 2021. Pesquisadores temem que a destruição esteja levando a Amazônia a um ponto irreversível.

O Brasil abriga cerca de 60% da Amazônia, sendo a maior floresta tropical do mundo. Sua preservação é essencial para conter mudanças climáticas catastróficas devido à grande quantidade de gases de efeito estufa que absorve.

 

Da Redação