O governo de São Paulo decidiu que todos os alunos de escolas públicas e particulares do Estado devem voltar obrigatoriamente às aulas presencias a partir de segunda-feira.

Apesar de a maioria dos estudantes nas escolas particulares estar presente todos os dias, o mesmo não tem ocorrido na rede pública. Nas unidades estaduais, cerca de 70% dos alunos voltaram, mesmo estando autorizados desde fevereiro.

Agência Brasil.

Há casos de pais com medo, mas também há adolescentes que preferem o ensino online. Apenas estudantes com atestado médico que vete a presença na escola poderão permanecer em casa.

Além disso, a partir do dia 3 não será mais necessário o distanciamento de um metro entre alunos na sala de aula, o que hoje faz com que haja revezamento de estudantes durante a semana por falta de espaço.

“A regra é: criança na escola todos os dias e não alguns dias. A sociedade já voltou, é preciso priorizar a educação, senão não vamos recuperar a aprendizagem”, disse o secretário estadual de Educação, Rossieli Soares. “A pandemia não acabou, mas não podemos continuar com a hipocrisia de que a covid só circula na escola.”