Foto: Banco de Imagens

O brasileiro está lendo mais. As vendas de livros cresceram 33 por cento em volume de janeiro a novembro deste ano. O resultado de 44 milhões de exemplares é maior que a comercialização em todo o ano passado. As editoras faturaram mais de 1 bilhão e 800 milhões de reais em romances, ficção, poesias, biografias. Os dados são do  Sindicato Nacional dos Editores de Livros. De acordo com o SNEL, os leitores se encontraram com a literatura na pandemia em 2020 e as vendas continuaram se expandindo em 2021. Os editores estão animados para 2022, mas acreditam que vai ser difícil manter os mesmos níveis de comercialização. O preço médio de um livro no  Brasil é de 41 reais e 64 centavos.