O consumidor brasileiro deve preparar o bolso ou então terá que abrir mão de pelo menos parte do que compra regularmente nos supermercados. A Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados, a Abimapi, afirma que os preços dos produtos devem subir nas próximas semanas. Não há ainda uma previsão de data e de quanto que será o aumento.

Veja também:

Cesta básica chega a 55% do salário mínimo do brasileiro, aponta Dieese

 

 

(foto: Banco dee Imagens)

O que se sabe é que a guerra entre Rússia e Ucrânia causa a suspensão dos embarques de trigo nos dois países, que respondem por 30% das exportações mundiais do grão. O Brasil produz menos da metade do trigo consumido e precisa importar grandes quantidades, especialmente da Argentina, Canadá e Estados Unidos.

 

 

No ano passado, o Brasil importou mais de 6 milhões de toneladas de trigo. O principal fornecedor foi a Argentina, responsável por 87% do volume importado.

 

Da Redação