Depois de acabar com o ‘arrasta pra cima’ – famosa nos Stories de influenciadores -, o Instagram agora liberou a função de adicionar links: a figurinha, que pode ser colocada na publicação para redirecionar o usuário, está disponível para todas as contas na rede social.

É oficialmente o fim do “privilégio” de contas com muitos seguidores poder compartilhar links de lojas, sites e outros serviços.

Até então, apenas contas verificadas ou perfis com mais de 10 mil seguidores poderiam compartilhar links. Segundo a empresa, a função pode ajudar pequenos negócios a divulgar seus produtos e serviços por meio da plataforma.

O recurso passou por mudanças no meio deste ano, quando o Instagram substituiu a ferramenta de arrastar a tela por uma figurinha, que permite que o Story possa ser respondido (o que não acontecia anteriormente).

A intenção da empresa era tornar os Stories mais interativos e mais simples, permitindo que os usuários possam compartilhar links com a mesma ferramenta com que compartilham músicas, enquetes e perguntas, a partir da aba de figurinhas.

“Sabemos que é importante para as pessoas poderem compartilhar assuntos diversos com a sua audiência e vimos como isso ganhou ainda mais relevância no último ano. Para criadores de conteúdo, a expansão da ferramenta é mais uma forma de abordar temas de seu interesse no Instagram, inspirando e promovendo mudanças em suas comunidades. Já para as empresas, a ‘figurinha de link’ oferece uma nova maneira de compartilhar promoções e levar clientes para o seu site, enquanto os artistas também terão uma nova forma de compartilharem seus trabalhos e engajarem com o seu público”, afirmou o Instagram em comunicado.

Na época, o Instagram afirmou que a mudança ajudaria a avaliar novas formas de expandir a quantidade de contas com acesso à figurinha de link e que a mudança vai ajudar a definir os parâmetros para a inclusão.

Agora, a opção vai estar liberada na aba de ferramentas para todas as contas.
Para adicionar, basta clicar no ícone de figurinha, selecionar a opção ‘link’ e inserir o endereço para o site a ser redirecionado.

Também é necessário ter a versão mais atualizada do app instalada no celular.

 

Agência Estado