A amiga da princesa Diana, Jemima Khan, pediu demissão da série The Crown. A empresária colaborava no roteiro do seriado.

 

Em entrevista ao Sunday Times, Jemina explicou que saiu da produção da Netflix por acreditar que Lady Di não estava sendo retratada de forma “tão respeitosamente ou com tanta compaixão” como ela esperava.

 

Khan contou ao jornal que Peter Morgan, o criador da série, pediu que ela atuasse como consultora durante a quinta temporada, que narra os anos que antecederam a morte de Diana em 1997, assim como os romances de Diana com o cirurgião britânico-paquistanês Hasnat Khan e o produtor de cinema egípcio Dodi Al-Fayed.

 

“Era muito importante para mim que os últimos anos de vida da minha amiga fossem retratados com precisão e compaixão, como nem sempre aconteceu no passado”, contou a produtora.

 

“Quando esse acordo não foi honrado e quando percebi que aquele enredo específico não seria necessariamente contado com o respeito ou compaixão que eu esperava, solicitei que todas as minhas contribuições fossem removidas da série e recusei o crédito”, explicou.

 

“Jemima Khan é amiga, fã e apoiadora pública do The Crown desde a primeira temporada”, disse a Netflix em um comunicado ao Sunday Times. “Ela fez parte de uma ampla rede de fontes bem informadas e variadas que forneceram extensas informações básicas para nossos escritores e equipe de pesquisa, dando o contexto para a série. Mas nunca foi contratada como roteirista”.

 

A quinta temporada de The Crown vai ser lançada em novembro de 2022 e terá no elenco nomes como Elizabeth Debecki como a princesa Diana, Khalid Abdalla como Dodi Al-Fayed e Dominic West como o príncipe Charles.

 

Agência Estado