O ator, escritor e diretor Jô Soares morreu na madrugada de hoje, aos 84 anos. Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde o fim do mês passado para tratar de uma pneumonia, de acordo com informações do Jornal O Globo. A ex-mulher de Jô, Flavia Pedra Soares, disse em uma rede social que ele estava “cercado de amor e cuidados” e informou que o funeral será restrito para família e amigos próximos.

“Aqueles que através dos seus mais de 60 anos de carreira tenham se divertido com seus personagens, repetido seus bordões, sorrido com a inteligência afiada desse vocacionado comediante, celebrem, façam um brinde à sua vida. A vida de um cara apaixonado pelo país aonde nasceu e escolheu viver, para tentar transformar, através do riso, num lugar melhor”, escreveu Flavia.