A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, responsável pela premiação do Oscar, condenou, em comunicado, a postura do ator Will Smith durante a premiação ocorrida no domingo, e estuda expulsá-lo.

Will Smith deu um tapa no rosto do comediante Chris Rock após o apresentador, sem saber do problema de Jada Pinkett Smith, esposa de Will, comparar o corte de cabelo dela com o da personagem de Demi Moore em um filme de 1997. Jada tem alopecia, uma doença que causa a queda de cabelo.

 

 

Nesta segunda, 28, o ator foi às redes sociais e pediu desculpas. Ele escreveu: Eu estava fora da linha e estava errado. A violência em todas as suas formas é venenosa e destrutiva. Meu comportamento no Oscar de ontem à noite foi inaceitável e imperdoável. Piadas às minhas custas fazem parte do trabalho, mas uma piada sobre a condição médica de Jada era demais para mim e reagi emocionalmente.”, escreveu o ator.

 

Da Redação