Anvisa avalia o uso da CoronaVac em crianças

Por: Novabrasil
14 de janeiro de 2022

Representantes do Instituto Butantan participaram de mais uma reunião com técnicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária para discutir a autorização da aplicação da vacina Coronavac em crianças e adolescentes de 3 a 17 anos.

Também foram ouvidos pesquisadores chilenos, técnicos do laboratório Sinovac China e representantes das Sociedades Brasileiras de Infectologia, Pediatria e Imunologia, além da Associação Brasileira de Saúde Coletiva.

Os dados apresentados foram detalhados com base nas pesquisas feitas pelo governo do Chile durante a aplicação do imunizante em crianças e adolescentes.

A Anvisa informou que a análise entrou na etapa final. Com isso, o relatório da área técnica será votado em reunião extraordinária da diretoria, ainda sem data marcada.

No Brasil, atualmente, apenas o imunizante da Pfizer recebeu aval para ser usado na faixa etária de 5 a 11 anos. O Instituto Butantan afirma que tem 12 milhões de doses prontas para uso imediato nas crianças.

SAÚDE
 
OUÇA AO VIVO | NOVABRASIL

Programação Musical

Seleção especial da Novabrasil

DESTAQUES | PODCASTS

DESTAQUES | VIDEO